quarta-feira, 29 de março de 2017

NÃO PRECISO AGRADAR NINGUÉM







"Sou quem eu preciso ser para estar de bem comigo. 
Sou do meu jeito. 
Eu não preciso agradar ninguém, 
as pessoas é que precisam aceitar-me".
Marjila Agostini








ENCONTROS E DESENCONTROS








"Depois de tantas buscas, encontros, desencontros,
 acho que a minha mais sincera intenção é
 me sentir confortável, o máximo que eu puder, 
estando na minha própria pele.
 É me sentir confortável, mesmo acessando, 
vez ou outra, lugares da memória
 que eu adoraria inacessíveis,
 tristezas que não cicatrizaram,
 padrões que eu ainda não soube transformar,
 embora continue me empenhando para conseguir".
Ana Jácomo









terça-feira, 28 de março de 2017

EVITE O TÉDIO



 



"A vida pode ficar muito pequena,
quando olhamos para ela com
o olhar estreito.
O tédio acontece, quando nos afastamos
da capacidade de nos encantarmos,
com as coisas mais simples do mundo.
Porque, para se estar aqui com
um pouco que seja de conforto na alma,
há que se ter riso.
Há que se ter fé.  
Há que se ter a poesia dos afetos.
Há que se ter um olhar viçoso.
E muita criatividade". 
Ana Jácomo 
 
 
 
 
 
 
 
 

TIRE O MEDO DO CORAÇÃO






"Tire do coração o medo.
 Não dê lugar aos sentimentos que lhe roubam a paz. 
 Pense positivo, sonhe alto e tenha fé.
 Seja grande de coração, seja grato.
 No caminhar da vida,
 nem sempre o caminho será leve, 
 mas Deus sempre nos dará sapatos adequados."
Yla Fernandes
 
 
 
 
 
 
 

segunda-feira, 27 de março de 2017

SER SENSÍVEL








"Ser sensível nesse mundo requer muita coragem. 
Todo dia.
 Esse jeito de ouvir além dos olhos, 
de ver além dos ouvidos, 
de sentir a textura do sentimento alheio,
 tão clara no próprio coração 
 e tantas vezes até doer
ou sorrir junto com toda sinceridade. 
Essa intensidade toda em tempo de ternura minguada.
 Esse amor tão vívido em terra,
em que a maioria parece se assustar mais com o afeto
 do que com a indelicadeza. 
Esse cuidado espontâneo com os outros. 
Essa vontade tão pura de que ninguém sofra por nada. 
Essa saudade, que às vezes faz a alma marejar,
  de um lugar que não se sabe onde é, 
mas que existe, é claro que existe. 
Essa vontade de espalhar buquês de sorrisos por aí, 
porque os sensíveis, por mais 
que chorem de vez em quando,
 não deixam adormecer a ideia de um mundo
 que possa acordar sorrindo. 
Pra toda gente. 
Pra todo ser.
 Pra toda vida.
Eu até já tentei ser diferente, por medo de doer, 
mas não tem jeito:
 só consigo ser igual à mim".
Ana Jácomo 
 
 
 
 
 
 
 
 

SOU GRATA...








 "Sou grato pelas pessoas difíceis
 que tive que lidar na minha vida.
 Elas me mostraram exatamente o tipo de pessoa 
que não quero me tornar".
Caio F. Abreu 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

domingo, 26 de março de 2017

DESAPEGO






"Com o tempo, a gente se desapega das manias,
 reinventa as certezas, vai desatando os nós
e criando laços.
 Deixa de lado a agitação 
e passa a curtir a rotina da paz, do amor próprio, 
da delicadeza de um livro ou de uma boa companhia.
 Com o tempo, a gente para de viver pra fora 
e passa a ser feliz por dentro".
Tati Zanella